Loading...

quinta-feira, 24 de março de 2011

Teatro: A Bonequinha Preta


Realizar a abertura do projeto de icentivo à leitura, mas de que maneira ? Algo que entretesse os alunos...
E a EMEF Vítort Meirelles conseguiu com o apoio de sua equipe: professores e funcionário.
Tivemos o início do evento uma apresentação dos 1º anos da profªa Valquíria, com um canto coral referente ao alfabeto e as aventuras da leitura, a visita de um ônibus de Joinville que funciona como biblioteca móvel onde Hilda e Eliete contam histórias dentro do ônibus.
O ponto alto do evento foi o teatro da Bonequinha Preta , interpretado pelos funcionários, quer arrancou suspiros, lágrimas e risos de nossos alunos.
A peça foi inspirada no livro de Alaíde Lisboa e Oliveira, onde retrata a vida de Mariazinha que tinha uma boneca preta, a menina fazia de tudo com a boneca, brincava, dava banho, dormia. A história fica ainda mais enrgaçada quando Mariazinha sai de casa e a bonequinha Preta fica sozinha.
Da peça de teatro participaram: Mariane(diretora) - Bonequinha Preta, Jeana Danielly (supervisora) - Mariazinha, Nádia(professora) - verdureiro, Vanilde(servente) - ´mãe da Mariazinha, Franciele (bolsista) - gatinho, Daniele (secretária) - narradora, Maria Helena (aux de biblioteca) - narradora.
Mais uma vez a nossa escola colocou em seu enredo de eventos um momento que possamos refletir e conscientizar nossos alunos com temas oriundos à africanidade, preconceito e valores.

3 comentários:

  1. Parabéns! Esse é o caminho para mostrar quantas descobertas nos levam os livros... Certamente essa obra está sendo muito requisitada na biblioteca!
    Abraços a toda a equipe da escola!
    Angelita

    ResponderExcluir
  2. Olá companheira de curso, vim conhecer o seu blog e já achei um monte de ideias maravilhosas, já aproveitei e virei sua seguidora, vem me visitar tbém:
    http://cantinhodalucinha.blogspot.com/
    Até, Lucimeri.

    ResponderExcluir
  3. Olá Dani!
    Que bom que mantém o blog do curso anterior.
    Espero uma que faça referência ao de agora.
    Um abraço.

    ResponderExcluir